26 de ago de 2010

Inveja mata!

Existem vários tipos de amor. Uns se manifestam na forma de inveja. Não é no outro que vou me corrigir, é em mim mesmo. Eu posso maltratar alguém o tempo inteiro, mas isto é uma fuga que me leva para muito longe de mim mesmo. Quem tem formação moral não assaca contra suas origens. Aos poucos tento ser uma pessoa melhor. Não cultivo inimizades, invisto nos bons amigos. A recompensa é que nunca as idéias me deixaram só, as portas estão sempre se abrindo e não me faltam companheiros para aproveitarmos as chances. Não ando só, não fujo da raia. Aprecio o bom debate, aquele do campo das idéias, desde que tenha ombridade. Não consigo escutar as vozes mocas daqueles que estão cegos e surdos de tanto ódio, rancor, inveja. Definitivamente, eu não estou aqui para apontar defeitos. Eu aprendi na minha formação de psicólogo que a melhor maneira de se mudar algo é mirando para o bem, para o lado positivo. Aprendi que o portador de transtorno mental não consegue ler e entender estas palavras, elas não ecoam em sua mente contaminada, vazia de amor. Eu tenho todo orgulho dos caminhos que já trilhei. Honro e defendo meus amigos, minhas amigas, meus amores. Definitivamente, estou muito bem comigo mesmo. Não é minha índole usar nome de pessoas da forma leviana como tenho visto. Isto enseja processo judicial, mas aquele do transtorno mental não aprende, tanto que não está dando conta nem de pagar as suas indenizações sofridas. Eu já ganhei R$ 50 mil de um incauto jornal, mas não preciso disto. Estou apenas coletando os dardos venenosos, quem sabe me animo? Vou acompanhar e rir da molecagem que tenta me impingir. Finalizando, agradeço imensamente às muitas manifestações de companheirismo e amizade. Isto é a minha maior e melhor riqueza. Minha dignidade, minha moral, meu caráter, falam por si só. É a tal frase: você não precisa se explicar, seus amigos lhe conhecem e seus inimigos não querem conhecê-lo. Está estressado? Faça amor bem gostoso que isto passa! Que todos tenham um dia criativo e feliz!

Por Nelclier Marques, num dia extremamente feliz!

A noite inteira

De repente, sem mais nem menos, o sentimento chega e habita. Começa meio besta. Chega como quem não quer nada. Mal entra e já invade, toma conta de tudo. O que antes não existia passa a ser a razão de ser, pensar, querer. O desejo se torna tão forte que quase se basta a si. Vira tormenta. Idolatra. Tudo se torna perfeito. Um simples gesto é algazarra na mente. A vida tem esse colorido. Amar é forte, a maior força que podemos ter. Quem está apaixonado só sabe pensar no amor.

Trecho do meu livro, cujo nome ainda é segredo.

21 de ago de 2010

A roupa adequada

Vivemos numa sociedade hipócrita, onde você e eu somos hipócritas um do outro. Você não suporta o meu estilo e nem eu o seu. Se saio de sunga, num dia de calor, você diz que fiquei louco. Se faz frio, e você sai agasalhado, trato de fazer galhofa e logo pergunto se está vindo de Aspen. E, nesta imbecilidade de indumentária, seguimos nos podando. Ao invés de juntarmos nossos estilos e criarmos uma grife, preferimos nos chamar de cafonas e nos maldizer pelas costas, porque pela frente somos só elogios. Assim caminha a imbecilidade, digo, humanidade, somos as matildes de nós mesmos. Usamos o mesmo ardil, porém com prismas diferentes. Outro dia, saí todo de verde e me disseram que eu estava parecendo um papagaio. E daí? Que tem isto? Prefiro a cor alegre que seu preto fúnebre. Mas, você não me respeita e se esquece que outro dia estava todo de alaranjado. Putz, que brega. Mas esta é minha opinião, porque, pelo visto, você estava se achando o máximo. Agora, façamos um trato: cachecol, chapéu e terno de inverno é demais para um calor desses? Mas moda é moda. Que cada se ache o tal pelo menos para si mesmo. O resto é falta de estilo. Melhor ter um estilo próprio e por fora, do que não ter qualquer estilo e ser mais por fora ainda.

Por Nelclier Marques, em homenagem aos diletos amigos Bruno Pena e Guilherme Martins de Araújo, face às boas risadas que demos na sede da OAB. A amizade sincera basta por si só, não precisa de subterfúgios.

Artesão

A vida sem arte é vegetativa

Viver é parição

Metamorfose sem metafísica

Desprender modismos

Aproximar-se da essência

Fulgor-prole-razão

Nós, simples ferramentas

Arte sui generis

Lua de uns

Marte de outros

Galáxias insondáveis da maioria

Achamo-nos todos artistas

Porém, vassalos somos

Ou escravos mesmos

Ninguém é dono da arte apropriada

É preciso nascer de si mesmo

Ser o artista da arte

Por Nelclier Marques

13 de ago de 2010

Perfil de um canalha

Deve ser difícil fingir que nada está acontecendo. Deve ser difícil saber que nada faz de proveitoso. Deve ser difícil sempre se perder em tudo.

.

Deve ser difícil fugir de pessoas que cobram coisas prometidas e não cumpridas. Uma vida vazia e insignificante. Rir deve ser um choro.

.

Deve ser difícil ouvir todos reclamarem que algo útil precisa ser feito. Deve ser difícil saber que a vida é tão vazia, que nem a farra compensa.

.

Deve ser difícil não ser amigo de verdade. Deve ser difícil não ter o que ser admirado. Deve ser difícil não ter equilíbrio moral e viver de inveja.

.

Deve ser difícil pegar qualquer tarefa, mesmo a mais vil, só para se dizer "do grupo"...

Por Nelclier Marques

12 de ago de 2010

Eu acredito no político

Talvez a prudência me diga para não escrever sobre política, uma vez que a própria política não se explica por si só, mas, mesmo sabendo destas conjecturas, ainda me arrisco. A cada dia que se passa, menos eu gosto de politicagem e mais eu me especializo em política. Quanto mais conheço do assunto, mais me previno, mais tenho cuidado. Já tive diversas experiências nesse setor e posso dizer que tive mais prejuízos que lucros. Lógico que o prejuízo foi o custo do aprendizado. Política é uma arte que se aprende na lida cotidiana. Além da curiosidade e da dedicação, há que se ter certo talento, um verdadeiro dom, pois lidar com pessoas não é fácil, ainda mais no setor político, que para mim junta os extremos da sociedade. De um lado temos os gênios, os aviões, os ricos; de outro, a classe maltrapilha, os desempregados, os puxa-sacos, os passa-fome, os aspones. Não digo que desta água não beberei, mas hoje, na realidade que vivo, eu não troco a minha privacidade, o meu anonimato, por candidatura, por amolação. A política tem destas coisas, muitas vezes é preciso ouvir um monte de ladainha travestida em reivindicações, para se apurar algo relevante. Infelizmente, o que mais há é gente que não tem o que fazer e vive atrás de político mendigando ou ameaçando favores. O segredo maior é que praticamente quase nada muda, nem o bolo e nem a receita. Mudam-se os agentes, mas a estrutura é tão grande que pouca coisa muda substancialmente, mantém o mesmo sabor. A sociedade vive sua correria, suas necessidades urgentes, porém, deveria conhecer e se inteirar mais dos assuntos políticos, ao invés de simplesmente condenar a classe. Dentre o joio, evidentemente, há excelentes políticos, que dedicam suas vidas pelo trabalho árduo que é remar contra a maré. Errado nem sempre é o que tem mandato, mas o tal do puxa-saco, aquele que vive por conta de fazer fofoca e espionagem, aquele maldito que arma, sabota, contamina, pois não trabalha e vive por conta de picuinhas. Estes são as formigas que pensam comandar o andado do elefante, incautos pensam apitar algo. Atentem-se, política é um jogo de cartas: o curinga de uma mão pode ser descarte da outra. Daí a importância de se ter humildade e investir na dedicação, no trabalho, na moral. Que as pessoas de bem, e não de bens, da política não se deixem infectar pelos dardos venenosos da escoria puxasaquista, pois construir uma nação depende de cada um de seus elementos, principalmente do político. Que a sociedade reflita sobre isto.

Nelclier Marques é escritor, psicólogo e acadêmico de Direito PUC/GO (8º período)

11 de ago de 2010

P, M ou G?

Um cara, 15 anos de casado, sofre um acidente de carro e seu pênis é dilacerado.

Seu médico assegura que a medicina moderna poderá trazer o seu pênis de volta, através de um transplante, mas o plano de saúde não cobrirá a cirurgia, pois é considerada estética.

O médico diz que os preços da cirurgia:
R$ 5.000,00 - tamanho pequeno;
R$ 9.000,00 - tamanho médio;
R$15.000,00 - tamanho grande.

O homem aceita o transplante, só ficando em dúvida quanto ao tamanho: P, M ou G.

O médico o aconselha conversar com a esposa antes de decidir e sai da sala para deixá-lo à vontade.

O homem telefona para a esposa e explica a situação.

Voltando à sala, o médico encontra o homem profundamente deprimido e pergunta:

- Porque essa cara, meu amigo? Então, o que vocês resolveram?


O cara responde:

- Minha esposa disse que prefere reformar a cozinha!

From Roberto Carlos

5 de ago de 2010

A primeira vez do Índio...


Um índio foi ao bordel e disse:
- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro!


A dona do bordel perguntou:
- Índio tem experiência? Já fez antes?


Índio apressado respondeu:
- Índio primeira vez.

A dona do bordel ponderou:
- Então, índio vai no mato, procura um buraco numa árvore, aprende como se faz e
depois volta aqui.

Uma semana depois, o índio voltou ao bordel:
- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro. Índio já aprendeu.

A dona do bordel, então, mandou o índio subir para um quarto, no qual, já havia uma moça esperando por ele.


O índio subiu, entrou no tal quarto e mandou a mocinha tirar a roupa e ficar de quatro.


Depois, pegou um pedaço de pau e começou a espancar as nádegas dela. Aos gritos, a dita cuja pergunta:

- Índio tá maluco? O que você está fazendo?


Ele responde:
- Índio tá vendo primeiro se tem formiga no buraco!

From Souza

Escrito por uma senhora de 90 anos de idade

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno.

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.

9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.

11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.

16. Respire fundo. Isso acalma a mente.

17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.

21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.

23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..

26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'

27. Sempre escolha a vida.

28. Perdoe tudo de todo mundo.

29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..

31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

33. Acredite em milagres.

34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.

35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.

37. Suas crianças têm apenas uma infância.

38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.

41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.

42. O melhor ainda está por vir.

43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

44. Produza!

45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um belo presente.

From Suaildo

Pesquisa rápida no blog